Justiça caça mandato de prefeito por compra de votos em Teixeira

Foi disponibilizada junto à consulta do sistema no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE/PB), a sentença em Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) por compra de votos do Município de Teixeira (PB).

A Ação Eleitoral investigava compra de votos realizada por meio de distribuição de sacos de cimento a eleitores daquela edilidade. O Juiz Eleitoral Dr. Carlos Gustavo Guimarães Albergaria Barreto, em harmonia com o Parecer do Ministério Público Eleitoral, cassou o mandato do Prefeito e do Vice-Prefeito de Teixeira e determinou novas eleições após a confirmação do julgamento nas instâncias ordinárias.

Durante a instrução foram identificadas mais de 90 (noventa) ligações entre o celular do pessoal do Prefeito e a Funcionária da distribuidora de cimentos em que o Prefeito autorizava a entrega das benesses aos eleitores, tendo sido confirmado pela Funcionária que os sacos foram entregues a diversos eleitores.

Publicidade