Globo Esporte - 19 de Maro de 2018 - (613 j leram)

Em jogo marcado por cartes, confuses e expulses, Nacional de Patos perde de 2 a 0 em casa

O Auto Esporte volta a campo na próxima quarta-feira, quando o Clube do Povo recebe o Nacional de Patos pela quinta rodada do quadrangular da morte. A partida vai acontecer no Estádio Almeidão, às 20h30, em João Pessoa.

Enquanto isso, no mesmo dia e horário, a Desportiva vai receber o Atlético de Cajazeiras, no Sílvio Porto, em Guarabira.

Com a vitória, o Atlético-PB chega a sete pontos e assume a liderança do quadrangular do rebaixamento. O Nacional, que era o líder, agora é o segundo colocado, também com sete pontos. Critério de desempate é o saldo de gols, onde o Trovão tem dois e o Naça tem zero. O grupo, que poderia ter uma das vagas de permanência definida neste domingo em caso de vitória do Nacional, agora fica embolado, com chances para todos os times se manterem na elite do futebol paraibano. Desportiva e Auto Esporte tem quatro pontos. Ainda há duas rodadas e seis pontos em jogo. 

O segundo tempo foi nervoso e com cenas lamentáveis. A partida partiu para faltas fortes, agressões com o jogo parado, disputas com força desproporcional e teve duas expulsões. Manú foi expulso por levar um segundo cartão amarelo por reclamação e Patrick levou vermelho direto após falta violenta. O jogo ficou nesse clima de animosidade, com poucas chances de gol. Nacional acelerou o ritmo, porém sem organização e queria vencer o relógio ao invés do adversário. Já o visitante, seguia tentando segurar a bola no ataque e também não criou tantas chances. O jogo parou diversas vezes por faltas e discussões entre os jogadores dos dois times. Nesse ritmo lento e sem jogadas perigosas o jogo terminou no Estádio José Cavalcanti.

Jogo fraco tecnicamente no primeiro tempo. Os dois times não tinham boa criação de jogadas ofensivas e partida ficou muito disputada no meio-campo. Tanto Nacional quanto Atlético erravam muito na saída de bola, o que propiciava até certas chances de bons ataques, que não eram concretizados. O Trovão insistia em bolas alçadas na área. E foi assim que fez dois gols em um intervalo de três minutos. Aproveitando a desorganização do Naça, o time de Cajazeiras fez duas boas jogadas pelas laterais, uma de cada lado, e em dois cruzamentos, Bruno fez os dois gols do dia. O camisa 9, inclusive, chegou a se emocionar durante a entrevista na saída para o vestiário no primeiro tempo.

Com a vitória, o Atlético-PB assume a liderança do quadrangular do rebaixamento, chegando a sete pontos. Já o Nacional, ex-líder, segue com sete pontos, mas agora é segundo lugar. 

 

Publicidade