Nacional perde em casa e corre risco de não se classificar

As equipes não apresentaram muita criatividade ofensiva, e recorriam a ligação direta da defesa para o ataque com chutões. A primeira etapa foi marcada pelo número de cartões amarelos distribuídos para as duas equipes. O goleiro Wallace do CSP, time que saiu com a vitória, não fez uma defesa sequer no primeiro tempo, o que mostra a ineficiência ofensiva dos donos da casa, o Nacional. O clube sertanejo tentava a meta do Tigre apenas em bolas alçadas para Bruno Paraíba, enquanto o CSP buscava as jogadas com Carioca. Um primeiro tempo apático por parte das duas equipes. 

Já no segundo tempo, tanto Nacional quanto CSP precisando da vitória, e com os resultados que vinham acontecendo nas outras partidas, os clubes se viram pressionados a atacar mais. O CSP de forma mais organizada, aproveitou os espaços dados pelo Nacional, que ia ao ataque de maneira desorganizada e sem criações efetivas de gol, e marcou os gols. Em dois contra-ataques, Carioca marcou duas vezes para o Tigre e sagrou a vitória para o clube da Capital. O Nacional então se lançou de vez ao ataque, mas como em toda a partida, sem organização e sem dar muito perigo a meta de Wallace. O resultado garantiu o CSP em segundo lugar no Grupo A e selou a classificação do time para a próxima fase, por outro lado fez o Nacional descer de segundo para quarto colocado no Grupo A, e complicar as chances de classificação. 

O Nacional de Patos se complicou muito na tabela do Grupo A. O clube que era segundo colocado antes do apito inicial, finaliza a rodada fora da zona de classificação para a próxima fase, na quarta colocação. O Naça tem pela frente na última rodada o ainda com chance Serrano que ainda disputa na próxima quarta-feira o restante da partida interrompida contra o Auto Esporte. O clube precisa vencer, e o Sousa empatar ou perder para a Desportiva. 

CLASSIFICADO E PODE SER LÍDER 

Com a vitória, o CSP garante a classificação para a próxima fase chegando a 12 pontos. O terceiro colocado do Grupo B, o Atlético-PB, só tem oito e pode chegar a 11 pontos, caso vença na última rodada. O Tigre ainda pode ser líder, basta ganhar o último jogo contra o Auto Esporte e torcer para o Treze perder o Clássico dos Maiorais, diante do Campinense.

Publicidade