Cidade abastecida por açude sangrando está em colapso hídrico na Paraíba

A cidade de Carrapateira, abastecida pelo açude Bom Jesus I, que sangra desde o dia 6 de abril, está em colapso de abastecimento de água, de acordo com a Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa). Além disso, Sossego, localizada no Sertão da Paraíba, abastecida pelo açude Epitácio Pessoa (Boqueirão), que sofreu uma recarga histórica nos últimos dias, também sofre com a falta d’água. As duas integram uma lista de pelo menos 30 cidades que estão sem abastecimento de água na Paraíba, segundo a Cagepa.

O açude Bom Jesus, localizado no município de Carrapeteira, no Sertão da Paraíba, foi o que mais ultrapassou a capacidade total de águas. Com 107,89% do volume total, a barragem chegou a 370,3 mil metros cúbicos, quando a sua capacidade total é de 343,8 mil. Ainda assim, a cidade está na lista de mais de quarenta cidades e municípios em colapso no abastecimento de água.

Desde o início do mês de março, quando o período chuvoso deu início na Paraíba, pelo menos 11 açudes sangraram e outros sofreram recargas suficientes para garantir o abastecimento de água em algumas áreas do Sertão paraibano.

Nível de Boqueirão sobe, mas cidade continua em colpaso
O açude Epitácio Pessoa, conhecido como Boqueirão, que abastece um milhão de pessoas na Paraíba, tem subido de nível gradativamente. No dia 15 de abril, o açude recebeu um aporte de aproximadamente 13,7 milhões de metros cúbicos de água, um volume que representa 90 centímetros na lâmina de água. De acordo com dados da Aesa, a recarga é considerada a maior dos últimos 12 anos, quando a região Agreste sofreu com a seca.

Um ano após o encontro das águas da Transposição do Rio São Francisco com o espelho d’água de Boqueirão, a cena de um reservatório quase seco e com o pior volume da sua história – 2,9% da capacidade total – vai sendo modificada pela recarga de 119 milhões de metros cúbicos de água acumulados no açude ao longo dos últimos 12 meses. Boqueirão, até este sábado (21), já estava com 31,91% do seu volume máximo.

Das 14 cidades abastecidas pelo açude, Sossego é a única que ainda permanece em calapso. O município tem, em média, cinco mil habitantes, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Lista dos municípios em colapso de abastecimento
Montadas – açude Emídio
Areial – açude Covão
Algodão de Jandaíra – açude Algodão
Cuité – açude Boqueirão do Cais
Nova Floresta – açude Boqueirão do Cais
Barra de Santa Rosa – açude Poleiro
Frei Martinho – açude Várzea Grande
Picuí – açude Várzea Grande
Nova Palmeira – açude Caraíbeiras
Puxinanã – açude Milhã
Sossego – açude Epitácio Pessoa
Aroeiras, Gado Bravo e distrito Novo Pedro Velho – açude Acauã
Amparo – açude Sumé
Dist. Pindurão – açude dos Poços
Remígio, Esperança, Distrito São Miguel, distrito Lagoa do Mato e Distristo Cepilho – açude Vaca Brava
Riacho de Santo Antonio – açude Riacho Santo Antônio
Riachão, Tacima, Dona Inês e Damião, Dist. Barreiros, Dist. Logradouro, Dist. Cozinha, dist. Cachoeirinha e dist. De Bola – açude Jandaía
Dist. Cachoeirinha e Braga – açude Lagoa do Matias
Itatuba, Ingá – barragem de nível da regularização da barragem Acauã
Matureia – açude Riacho das Moças
Imaculada – açude Albino
Teixeira – açude São Francisco II
Riacho dos Cavalos – açude Riacho dos Cavalos
Bernadino Batista – açude Capivara
Carrapateira – açude Bom Jesus I
Triunfo – açude Gamelas
Distrito de Gravatá – rio perenizado pelo açude de Engenheiro Avidos

Publicidade