Comissão do concurso da Prefeitura de Patos faz recomendações aos candidatos

Será realizado no próximo dia 9 de dezembro, em Patos, Paraíba, o concurso público que irá preencher 298 vagas, com salários que chegam a R$ 2,5 mil. De acordo com a relação de concorrência, divulgada pela empresa que organiza o certame, a Educa PB, cerca de 15.790 pessoas se inscreveram. A maior concorrência é para agentes de combate à endemias, com 232 pessoas para cada vaga; 267 para ampla concorrência; 15 para pessoas com deficiência e 16 para cadastro de reserva.

Em contrapartida, os cargos de topógrafo e servente de pedreiro, médico, pedreiro, otorrinolaringologista, médico pediatra, entre outros tiveram apenas um inscrito, sendo que no edital apenas uma vaga está sendo oferecida. As remunerações variam de R$ 954 a R$ 2,5 mil, além das gratificações, para o cargo de procurador municipal.

O assessor técnico da Secretaria da Administração e membro da comissão do concurso, Robson Sousa, faz algumas recomendações aos candidatos.

“Desde já pedimos que se atentem para a questão do horário, o local onde vai fazer a prova, para se planejar no dia e não ter nenhum contratempo, inclusive, nós reafirmamos que o horário que está lançado é o horário local, não é o horário de Brasília {…Verão} para evitar incompreensões”, recomendou.

Robson Sousa também informou que todas as medidas de seguranças já estão sendo adotadas para garantir a transparência do concurso.

“A comissão já está adotando todos os atos necessários para garantir a rigidez do processo, a transparência dele no dia, inclusive, com disponibilização de alguns equipamentos e recursos para que venha paralelamente aos atos da empresa realizar fiscalização para que não ocorra nenhum evento que venha colocar em dúvida a realização das provas”, garantiu Robson.

O concurso vai acontecer em quatro etapas. A primeira fase é a prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, para todos os cargos. A segunda etapa será a avaliação de títulos, de caráter classificatório para cargos específicos, de acordo com o previsto no edital.

A terceira etapa é a prova prática, também de caráter classificatório e eliminatório para cargos específicos. A quarta e última etapa é o curso de qualificação, de caráter classificatório e eliminatório para cargos também específicos.

Publicidade