Estudioso fala sobre o instrumento K2, detector de fantasmas. Por Rodrigo Cézar

O K2 é um instrumento da Física fabricado com tecnologia de última geração, sendo capaz de detectar a presença de campos eletromagnéticos ocultos num ambiente.

Esses campos são gerados a partir de eletroeletrônicos em funcionamento, e que consequentemente produzem emissões radiativas. Vários estudos realizados tentam mensurar os efeitos desses campos eletromagnéticos no ser humano, principalmente dentro de casa.

O que gerou grande suspresa é que o instrumento se mostra muito sensível quando utilizado em ambientes, onde inexistem eletroeletrônicos ligados e mesmo energia elétrica.

Para o estudioso no ramo de Física Quântica Aplicada a Fenômenos Sobrenaturais, o físico Rodrigo Cézar Limeira, os fantasmas representam uma modalidade de energia quântica sobrenatural, e como tal podem emitir campos eletromagnéticos ocultos, da mesma forma que os eletroeletrônicos.

Estudos realizados mostraram que o K2 se mostrou eficiente em ambientes abandonados, típicos para a aparição de núcleos de energia negativa (fantasmas) pontua o estudioso, sendo dessa forma bastante utilizado por supostos caça fantasmas e estudiosos do assunto.

Publicidade