Mãe é Mãe

Ela traz o encanto dos sublimes
a leveza dos anjos cheios de graça
ela  é dócil e quase nunca faz pirraça 
está disposta a sonhar os nossos sonhos
passa dia, semanas, meses, anos 
seu coração é um  poço de bondade
uma fonte que transborda claridade  
olhar nobre e plural, sempre risonho...

Não importa o grau de inteligência
se o filho é cientista  ou andarilho 
se usa terno ou só anda maltrapilho
se trabalha ou vive cochilando
ela defende, apascenta,  fica orando
pede a Deus que guarde a criatura
tem fé, esperança e tem doçura 
Mãe é mãe, seu amor não tem fim, é alto e brando!

Publicidade

Veja também