“ANTONIO PADEIRO”, A FAMÍLIA E O COMBATE AO ALCOOLISMO!

Patriarca de uma família composta por seis filhos homens e duas filhas mulheres, e, sempre acompanhado por uma esposa dedicada, Seu Antonio Galdino Sobrinho ou, simplesmente, “Antonio Padeiro”, como é mais conhecido, passou quase toda sua vida devotado na missão do combate ao alcoolismo, através dos ditames do AA (Alcoólicos Anônimos). Constantemente, dividido, entre o trabalho; a família e a “causa que abraçou”, nunca deixou o vínculo familiar postergado ao acaso. Por isso, não é difícil falar dele, qualquer poeta ou escritor sensível, certamente, não teria dificuldades para versar, esboçar, detalhar ou referenciar a hegemonia familiar, protagonizada por Antonio Galdino Sobrinho e sua esposa: Rita Paulo Galdino, que souberam educar os seus descendentes, para manter e disseminar os seus ensinamentos.

Atrevi-me ao direito de trazer à tona esse desafio ou essa responsabilidade, para falar um pouco sobre Antonio Padeiro, por conhecê-lo de perto, pois, fomos por muito tempo, colega de trabalho na CAGEPA e, fui testemunho da grande luta desse homem simples e humilde, que soube superar as adversidades e transmitir de maneira exemplar para os seus filhos, para os amigos e a sociedade em geral, os seus ensinamentos, vivenciados e adquiridos ao longo da sua vida, com os quais, certamente, conseguiu, com sua luta de combate ao alcoolismo, salvar várias vidas, estendendo-se, por conseguinte, para muitas famílias!

Quero, portanto, através desta pequena crônica, deixar registrado para a história de Patos, essa homenagem justa e necessária, como reconhecimento e mérito pelo trabalho de “Antonio Padeiro” no combate ao alcoolismo, dando exemplo e, sempre mostrando “o caminho da recuperação; da lucidez e da abstinência, ao vício do alcoolismo”!

Meus parabéns, Antonio Padeiro; meus parabéns, a todos os seus familiares que sempre “chegaram perto” e lhe deram todo apoio nessa caminhada difícil e árdua, que já se estende por mais de trinta anos!

 “Evite o primeiro gole”

AOS FILHOS:

- Altemar Paulo Galdino (Mamola);

- Alessandro Paulo Galdino (Tanda);

- Amilton Paulo Galdino (Castelo);

- Albeni Paulo Galdino (Padre Albeni);

- Antonio Paulo Galdino (Nenê);

- Albenilton Paulo Galdino (Bebé);

- Aldjane Paulo Galdino (Filha);

- Aldjoane Paulo Galdino (filha).

 

Patos, 30/08/2018.

Anchieta Guerra

Publicidade