MANDO-TE!

Quando vez, me acordo inspirado para escrever algo ou alguma coisa que meu veio lampejante quer exprimir ou expressar para iluminar aquela intuição momentânea e impulsiva dentro de mim. Costumo, aproveitando aquele momento que sinto que é “meu” e vou amiúdes, para tentar criar com as palavras, frases e versos sextilhados, que servirão para textualizar minha inspiração e esboçar os meus versos. 
Portanto, como hoje foi um dia que me veio esse ansioso desejo de expressar essa inspiração, escrevi a sextilha abaixo.
Espero que gostem e se identifiquem!

SEXTILHA

Mando uma rosa pra te
Mando-te, também, um aviso
Mando nesta noite de lua 
Às cores de um paraíso 
Mando para alegrar tua alma
A força que trás um sorriso!

Mando um aceno simplório
Para acenar à pureza
Mando os lírios dos campos
Para espantar a tristeza
Mando-te um ramo de flores
Para florir tua beleza!

Mando, nesta noite estrelada
Os versos de um sonhador
Para embelezar com carinho
Toda magia do amor
Mando, pra ti nesta noite:
Um ramalhete de flor!

Mando pra você um aroma
Do cheiro da relva dos campos
Mando embalado num frasco
Um perfume que exala encanto
Mando pra você nesta noite:
Meu sorriso, meu choro e meu pranto!

Mando, ainda, que pouquinho
Um “pedaço” do meu pouco saber
Mando, pra ficar de lembranças
Dos momentos que passei com você
Mando, seja lá o que for:
Pra seu coração renascer!

Mando em versos e prosa
O meu acalanto de amor
Mando pra ti com carinho
A dança de um Beija-Flor
Para florir um cenário
Com a abrangência do Amor!

Patos, 26/03/2018.
Anchieta Guerra

Publicidade