Anchieta Guerra - 18 de Setembro de 2017 - (1255 j leram)

Z GUERRA (UM GUERREIRO!) Por Anchieta Guerra

Se meu Tio Zé Guerra estivesse vivo, estaria completando Cem anos de idade, no dia 22/09/2017.  Portanto, quero homenageá-lo, não só por isso, mas, por ele ter sido o meu norteador na vida. Mostrando-me o “caminho” a ser seguido e trilhado, como parâmetro de equilíbrio na vida. Devo-lhe, portanto, obrigações e reconhecimento pela sua grandeza em ter se abstido de alguns momentos de descanso, para me abrir “o livro dos bons costumes”. Foi um homem ordeiro e dedicado à família, estendendo com sabedoria e simplicidade para todos nós, as virtudes que se inerem a um ser de valor! Ou seja: Honestidade, Respeito, Dedicação, Carinho e Amor pelos seus familiares e amigos!

Parabéns, meu GUERREIRO, onde estiver!

UM GUERREIRO!

O seu nome era Zé Guerra 
Mas, praticou sempre a paz
Fez das labutas diárias
E das ações costumas 
Uma vitória aguerrida 
Que só um forte é capaz!

Foi um destemido “guerreiro”
Que no ofício mostrou    
Dedicação e presteza
Por onde quer que passou
Conquistou um coração
Que se tornou seu amor!

Nas suas andanças da vida
O seu destino guardou
Uma surpresa distinta
Para traçar um fervor
Que culminou certo dia...
Num grande laço de amor!

Foi Zé Guerra um exemplo
De garra e dedicação
Superando as diferenças
Lutando com o coração
Para celebrar com Maria
O louvor da Comunhão!

Vieram os anos difíceis
Muito sofrimento e dor
Pois, nem tudo é alegria
Muitas vezes, é dissabor
Superou as diferenças 
Em nome do grande amor!
 
E assim, era Zé Guerra
Um homem íntegro e honrado
Que manteve em sua vida
Um grande amor ao seu lado
No dia 22 de Setembro
Seu nome será festejado!

Anchieta Guerra
(Sobrinho)

Publicidade